zithromax online here endogenous variety buy clomid good rough advair cheap Always quick buy amoxicillin disability ease arcoxia without prescription unprotected chunks armour floating prostate buy viagra pack popping

Episódio 16 | Sergipe

Especial- Brasil

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 

Endereços
Veja os lugares visitados por Álvaro nessa experiência

 

 

Parque dos Falcões

www.parquedosfalcoes.com.br

 

O Parque dos Falcões foi inaugurado em 1997 por José Percílio. Em 1999 Alexandre Correa tornou-se sócio de Percíio na empreitada. O Parque funciona numa área de 16 hectares e é o único centro de criação, multiplicação e preservação de aves de rapina da América do Sul. O parque tem mais de 300 aves entre gaviões, falcões, corujas, socó-bois e até pombos. E a técnica que Percílio tem para adestrar os animais é incrível. A falcoaria é uma arte que existe há milhares de anos em várias partes do mundo. Alguns dizem que a arte veio da China, outros da Mesopotâmia. Mas a verdade é que desde 700 anos a.C. o homem usa o falcão ou gavião como ajudante de caça ou protetor. Na idade média, por exemplo possuir um falcão era um símbolo de status. Mas o que que mais impressiona no Parque é que ele é uma ONG particular, só sobrevive de doações e das visitas que recebe. Mesmo com pouca ajuda as aves não param de chegar.Todo mês o IBAMA, a Polícia Florestal e o Corpo de Bombeiros, trazem aves maltratadas ou mutiladas pela ação humana, para se recuperar no Parque de Percílio. E essas são aves de sorte.

 

 

Oceanário de Aracaju

www.tamar.org.br

 

O o oceanário de Aracaju, é mantido pelo projeto Tamar. Mais do que um “aquário” do Tamar, o Oceanário de Aracaju é uma extensão dos projetos da organização. O Tamar já estudava e estava presente em 158 km do litoral sergipano. E viu uma necessidade de montar uma sede para todo esse estudo. Assim surgiu o Oceanário de Aracaju, que foi inaugurado em junho de 2002 . O oceanário tem 18 aquários e dois tanques, são mais de 60 espécies, tanto de água doce como de água salgada. Mas a idéia mais interessante dos oceanários é que os visitantes podem interagir com os bicho. Outra coisa interessante de lá, é que pode se ver um reality show do oceano. Uma câmera posicionada a 12 metros de profundidade no oceano fica ligada 24 horas. O que acontecer por lá, o visitante pode ver

 

 

Restaurante Miguel

www.restauranteomiguel.com.br

 

Miguel foi fundado em 1980 por Miguel Gonçalves Neto que resolveu subverter as regras de um dos pratos mais tradicionais do nordeste: a carne de sol. A carne-de-sol tradicional é feita, como o próprio nome diz, no sol. A carne é salgada e maturada no calor do sol. Mas a carne do Miguel é deixada na sombra, dentro de uma câmara frigorífica, a 6ºC. Tecnicamente é uma carne-de-sombra. Quando a carne sai de lá, ela ainda é muito bem tratada e vai para cozinha onde pouquíssimos ingredientes são acrescentados. O principal deles é o Arlecrim. Depois de temperada a carne vai para grelha. E para completar, a carne de sol é servida com pirão de leite, farofa e arroz.

 

 

Beto Pezão

 

Beto Pezão era conhecido só como José Roberto de Freitas quando começou a fazer peças de artesanato popular como vários outros artistas do Sergipe. Ele retratava pescadores, trabalhadores rurais, caçadores, retirantes. Figuras do dia-a-dia sergipano. Mas ele notou que as figuras tinham um pequeno problema de equilíbrio. O jeito que o Beto resolveu esse problema é que o fez ficar famoso. Nunca ninguém tinha visto uns bonecos com os pés tão grandes, E fazendo uma coisa diferente Beto descobriu seu estilo e o novo sobrenome que o fez conhecido: Pezão. Os bonecos de Beto já foram expostos na Argentina, em Portugal e no Chile.

 

 

Renda Irlandesa

 

Em Divina Pastora, a 40 minutos de Aracaju, mora Dona Elisabeth, onde são criadas obras de arte em renda irlandesa. A renda irlandesa, por mais estranho que possa parecer é Patrimônio brasileiro, das mulheres de Divina Pastora. Esse tipo de renda nem da Irlanda veio, mas do norte da Itália. Só que quando chegou ao Sergipe, a técnica foi melhorada. E a renda irlandesa virou sergipana. O trabalho dessas artesãs foi incluído no Livro de Registro dos Saberes e reconhecido como Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

 

 

Canyon do Xingó

www.mturxingo.com.br

 

O Canyon do Xingó é o resultado de uma feliz cooperação entre o homem e a natureza. Ele surgiu com o represamento do Rio São Francisco para construção da Hidroelétrica do Xingó que aconteceu em 1995. Essa construção não criou somente a hidroelétrica mais importante da região, como também criou 60 km de um lago navegável, com áreas de até 190 metros de profundidade, e uma paisagem completamente inusitada no meio do agreste. O que aconteceu no Xingó, foi mais ou menos o que aconteceu em Furnas, com a construção da hidrelétrica em Minas Gerais e a formação das Escarpas do Lago. Mas as cores são outras.Lá a água é verde, as rochas são quase vermelhas. E o vento não pára de soprar.

 

 

Museu de Arqueologia do Xingó

www.max.org.br

 

O Museu Arqueológico do Xingó reúne o maior número de esqueletos de homens pré-históricos da América Latina. A proximidade da hidroelétrica não é coincidência. Com a inundação de várias áreas do Xingó dois sítios arqueológicos deixariam de existir. A hidroelétrica apoiou e apressou as escavações e construiu um museu para abrigar todos os achados da região. Lá, os esqueletos chegam a ter até 7000 anos. Mas além das peças, o Museu tem duas áreas para mostrar a importância dos sepultamentos para arqueologia. A primeira área mostra as peças e a disposição em que eram encontrados os esqueletos. A segunda, faz o visitante ter uma experiência única, simulando uma escavação.

 

Fotos | Sergipe


Alvaro costurando rendas Irlandesas
 

Alvaro no Museu de Arqueologia de Xingó
 

Sobrou até para o câmera do 50por1
 

Alvaro e o chef Miguel preparando a carne de sol

Esqueletos pré-históricos
 

Tartaruga do Oceanário de Aracaju
 

Alvaro e o Falcão
 

\Alvaro no parque dos Falcões

Mergulho no Paraíso do Talhado
 

O Rio São Francisco
 

Tomando banho..
 

Cânions do Xingó

Alvaro na simulação de escavação do MAX
 

Cosquinha...
 

Passeio pelos Cânions do Xingó ao lado de Zé Leobino e Dona Alzira
 

Alvaro navegando no rio São Francisco

Pôr do Sol no Rio São Francisco
 

Dona Alzira, Alvaro e Zé Leobino, com os Cânions do Xingó ao fundo
 
 

Outros Episódios